sábado, 13 de julho de 2013

Hoje é dia de Rock bebê!





Não, não é bordão, hoje é realmente o dia do Rock. 13 de julho e eu me pergunto qual o critério desses caras que escolhem as datas comemorativas para enfim, decidir qual vai ser o dia de determinada coisa? Hum... tão pedindo pela história né, senta que é grande: Por que 13 de julho de 85 aconteceu o Live Aid aí resolveram que esse ia ser o dia do rock. Fim.

Como este evento é o culpado pelo dia de hoje, não posso esquecer de postar um dos dois temas do Live Aid que eram, We are the world do USA for Africa e Do They Know it's Christmas Time da Band Aid :


Eu tinha uma tag aqui no blog que contava a história do rock por décadas, por isso não faz sentido me prolongar falando disso novamente, soo soo, vou postar dicas de filmes sobre rock que eu já tenha assistido e que acho que valem a pena... de serem... vistos. Tá muito cinefico esse blog.

Escola de Rock
Eu inclusive tenho esse DVD aqui em casa, que a gente roubou de alguém. Bom, o filme tem o Jack Black, tem referencias ao Rush, Yes e Led Zepelin e é comédia. Mas é light, não tem nada de rock pesado, afinal se passa em uma escola e os atros principais desta 'banda' são crianças.


Rock Star
Com Marck Wahlberg (I love) e Jennifer Aniston, o filme se passa no anos 80 onde Izzy é o vocalista de uma banda cover da Steel Dragon (fictício), e quando o SD perde seu vocalista, Izzy vai as audições, passa e acaba se tornando o novo líder da sua banda favorita. O filme basicamente mostra como é a vida de um Rock star.


Rock of Ages
Esse é um filme recente que eu fui ver no cinema e fiz resenha sobre ele AQUI. É um musical, onde o astro principal é somente o Tom Cruise (imaginem só) e tem um monte de clássicos do rock como  Poison, Twisted Sister, Whitesnake, Foreigner, Journe e lá vai o trem.



Quase Famosos
Se trata de um garoto de 15 anos que consegue emprego na revista Rolling Stones (claro que ninguém sabe que ele tem 15 anos) e passa a acompanhar a banda Stillwater. O filme é semi-biográfico pois, aconteceu a mesma coisa com o diretor, só que no caso a banda era o Led Zeppelin. Vale a pena assistir, tanto pela trilha sonora como pela estória.



Tenacious D
Mais um filme com o Jack Black, pois, para quem não sabe, o cara também é roqueiro e faz questão de demonstrar isso nos seus filmes. O filme é uma viagem total, os caras vão atras de uma palheta que tem poderes musicais satânicos e já pertenceu aos melhores guitarristas (que eram os melhores justamente por causa da palheta).



That Thing you do
Nossa! Mais do que eu já falei desse filme aqui, impossível. Por isso nem vou falar dele, aqui um dos links ESSE.



E uma outra série de filmes que ou eu não assisti por isso não vou falar, ou simplesmente acho que o post já tá grande demais, mas posso citar os nomes.


Cazuza - O tempo não para
Os Piratas do Rock
Somos Tão Jovens
Purple Rain (shuashuashua)
The Runaways (não gosto)


Obs: "Não estou lá". Eu meio que assisti mas só a parte do Heath Leadger, sem nem saber que era esse o filme, aí mudei de canal, hehe. Fala sobre a vida do Bob Dylan, mas não é por causa dele que quero ver, é por causa do Christian Perfuckin Bale.


Sorry pela maior parte dos Trailers em inglês mas, só tinha assim.


segunda-feira, 1 de julho de 2013

Minha mãe é uma peça: O filme!



Eu adoro-u-o o ator/comediante Paulo Gustavo que é um lindinho (eu também, acho todo mundo lindo né, vamo combinar) pena que é gay.. pena pra mim... (como se só por isso eu não tivesse chance, né?) mas minha mãe detesta ele (sem argumentos), aí eu estava doida pra ver o filme dele que tá passando no cinema 'Minha mãe é uma peça', convenci minha mãe, blá blá blá e o filme é...? Hello, se eu adoro o ator não tinha como achar o filme ruim, não é? Não, tinha sim, mas nesse caso o filme é otimamente sensacional.

Semana passada eu fui ao cinema com a minha mãe pra ver aquele filme dos monstros e tal que eu nem vou postar por que não é tão bom. Só que na hora de comprar eu tipo, como disse antes, tava muito afim de ver o filme do Paulo Gustavo, mas já tinha concluído a compra e nós fomos pro filme dos monstros. Como o cinema daqui tinha um lance de que até as 14h no sábado o ingresso era R$ 3,00 eu só ia ao cinema no sábado e antes da 14h, claro, afinal pobreza é isso aí. Aí quando eu finalizei a compra (no cartão pois a fila é menor) saiu 18 contos de mone's na nota. Depois de ficar muito puta e descobri que a promoção tinha acabado justamentenzinho naquele dia nós fomos lá conformadas entrar na sala quando o... não sei qual o nome que se dá pro carinha que recebe a entrada, falou que a gente tinha comprado pra sessão de 15h.



Ê lele, que coisa bela. Mas calma que so fui gentil e com cara de anjo falar com o gerente para saber o que ele podia fazer, neste mesmo momento uma moça chegou gritando que havia chegado tantos minutos atrasada e não pôde entrar na sessão, que ela tinha comprado o ingresso na internet e num sei o que lá, e era 3d e rasgou o ingresso e jogo na cara do homi. Aí ele disse que ela era mau educada e que perdeu perdeu mermão e dane-se você sua velha mal amada... não com essas palavras. E resolveu meu caso coisando um ingresso pra sessão que inclusive já tinha começado a 10min.

Dica do dia: Sempre que acontecer alguma merda e você tiver de ir resolver ou pedir favor a algum superior, seja o mais simpática e sonsa o possível, pois assim, ele resolverá o seu problema com carinho e amor. Se você chegar fazendo escândalo, mesmo que ele possa resolver, ele não o fará (eu pelo menos não faria). A não ser que você tenha chegado com carinho, amor e emoção e ele tenha feito cavalice para você. Neste caso, rasgue o ingresso, jogue na cara dele, chame a mãe dele de vaca, dê uma bolsada nele, cuspa nele e vá embora de alma lavada, obrigada.



Sim, o filme né. A maioria das comédias brasileiras são uma bosta. São sim, vamos ser sinceros, ou só tem pornografia, palavrão e a negaiada na favela, por que o povo acha que Brasil só tem favela, ou é aquele água com açucar sem graça com uns personagens abestalhado e totalmente no sense da realidade.

Já este filme é baseado na própria mãe do Paulo Gustavo e talvez esse ar de realidade e principalmente saber que a mãe dele é bem daquele jeito mesmo deixe o filme interessante e engraçado, afinal, quem nunca pagou aquele mico por causa da sua mãe? Ela é abandonada pelo marido (acontece muito), cria dois filhos, uma é gorda (tipo eu, hehe) e mimada e usa umas roupas bem gorda sem noção e o outro é gay, ou seja, o próprio Paulo Gustavo. Claro que não posso falar muito sobre o filme mas, basta saber que a personagem principal é bem estridente, chata e bem como a sua mãe, ou avó. Ah, e que você vai tirar uns foras e respostas ótimos para dar nas pessoas por aí.

Obs: O nome do filme é Minha mãe é uma peça pois, é uma peça que agora virou um filme.

Ou seja, filme bom, recomendo.