sexta-feira, 27 de julho de 2012

Como fazer Sushi em casa!

Hello, é isso mesmo, eu e minha mãe inventamos de fazer sushi em casa. Eu odiaaaava comida japonesa, mas aí você como uma vez, come outra, ferrou, isso vicia, caramba, toda semana dá vontade de comer, aí eu fui no unico supermercado dessa cidade em que se encontram coisas diferentes, Palato, e comprei o material, vejam só que belezura.



O arroz é essencial e tem de ser arroz para Sushi. Para prepara-lo deve-se lavar bem, colocar em uma panela com duas xícaras de água apenas e deixar cozinhar. Depois tire da panela e coloque em um recipiente para adicionar o tempero.

Tempero: 2 colher/sopa de vinagre para arroz.  1 colher/sopa de açúcar. 1 colher/chá de sal. E saque, mas para mim que não tenho, coloquei um pouco de água, todos em uma panela até dissolver, e depois misturar ao arroz.
Deixe o arroz esfriar completamente.

Como recheio eu usei, Kani, Cream Chease (fundamental, a melhor marca é Philadelphia), Salmão e Atum.



Para montar é bom ter a esteira, mas eu não tenho e montei encima de um papel filme mesmo, é só enrolar como um rocambole, cortar no meio, e depois no meio, por fim cada alga dão 8 rolinhos, mas eu a cortei ao meio e fiz 16.

Ps: Sempre molhe a mão para o arroz não grudar, e molhe a faca também na hora de cortar.



O hot é fácil, é só fazer o mesmo, passar o rolo (ainda inteiro) na farinha de trigo, depois no ovo e depois na farinha de rosca e fritar, só depois é que corta, e em alguns antes de passar na farinha, enrolamos salmão nele, ficou uma diliça.

Como eu sou muito chique ainda comprei o shoyu especial e um refrigerante koreano muitcho legal.

Fim.

sábado, 21 de julho de 2012

100 riffs, uma breve história do Rock!

PS: Desculpa, essa semana passei por um problema pessoal e tive de adiantar esse post reserva só para não ficar em hiatus.

No clima do quadro Escola do Rock, achei esse vídeo muito legal com 100 famosos Riffs.

Alguns ficaram meio confusos e eu só consegui reconhecer por que tinha o nome da música, outros eu não lembrava o nome da música e foi bom que agora eu lembrei, e uns 4 ou 5 confesso que não conhecia.

É inevitável (para quem conhece) ficar durante o vídeo: -Quando ele vai tocar essa música? -Ele não vai esquecer da banda tal né?




E depois de ver o vídeo notamos que faltaram Riffs bem mais conhecidos do que alguns que ele tocou, também que, caramba, existem mais de 100 riffs famosos e que eu na verdade passei o vídeo esperando por Black or White.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Sopa de ervilha, light!

É incrível que quando a gente decide fazer dieta dá logo vontade de comer o que não pode. Estamos completamente no fim de feita, fim de feira meeeesmo, e eu fui olhar na dispensa o que tinha pra jantar (felizmente e infelizmente eu não almoço, por isso não tive de inventar nada pro almoço), então avistei duas coisas lindas, um pacote de canjica e outro de ervilha seca. A canjica vou deixar pra depois, quando eu inventar alguma coisa diferente com ela, mas a sopa, o yeah, é pra hoje, vou saciar minha vontade e não vou engordar.

Duas coisas na sopa de ervilha, engordam bastante, o bacon e a linguiça, no meu saco, eu usei linguiça por que era o que tinha mas, se você substituir por peito de frango fica mais leve, então inventado pra lá, e uma coisinha cá, vejam no que deu.

Eu sou ótima com apresentação de pratos né? Shuashua.

Ingredientes:

500g de ervilha seca
1 cebola cortada em cubinhos
1 colher sobremesa de molho shoyo e 1 de molho inglês
1 colher de sopa de azeite
1 colher de sobremesa de margarina
500g de peito de frango cortado em cubo

Modo de preparo:

Deixe a ervilha por 1 dia na água, e na hora de preparar coloque-a em uma panela para cozinhar por uns 40min.
Se não tiver tanto tempo para deixar a ervilha amolecendo por um dia, pode colocar na panela de pressão.
Enquanto isso, frite as carnes, cebola... com o azeite e a margarina.
Depois dos 40min do cozimento da ervilha, adicione-os na panela colocando o shoyo, molho inglês, e temperos a gosto.
Acrescente um pouco mais de água, e depois é só partir por abraço, ou pro prato, não vale comer sopa com pão ou biscoito, assim quebra o regime né.


domingo, 8 de julho de 2012

Anos 60 e o iê-iê-iê!

Se preparem, pois aqui, começa o que chamamos de Rock n Roll.

Depois do surgimento do rock e variações do mesmo comentando nesse post, nos anos 60 foi que o rock vingou.
No início dos anos 60 o rock ganhava uma pegada pop leve e cada vez mais, se distanciava do rock norte-americano enquanto grupos de Rock britânicos tocavam em bailes e clubes. Nessa época surge o Rock Progressivo com toda força, rock psicodélico, e por aí vai.



Essa tal banda britânica que começou tocando em baile e enfim dominou o MUNDO, quem acertar ganha uma bala... É claro, foram os Beatles e lógico, outras grandes bandas surgiram nessa época como o Rolling Stones com o gatíssimo moves like Mick Jager (brinks). Em seguida bandas como The kinks, The who, na época era moda colocar o THE no nome da banda.

É, mas, os anos 60 foram cheios de reviravoltas, artistas surgindo, moda, gêneros, afinal, foi a década de desenvolvimento do rock, e não parou não. Veio o Folk Rock que tinha aquela linha acústica meio blues e com letras cheias de protesto com o Bob Dylan entre outras bandas.



E então veio ele, aproximadamente em 64, o rock psicodélico, que não é o rock mortal e fatal das profundezas do inferno não (não sempre), é o rock que trouxe com ele Jimi Hendrix, Pink Floyd, The Doors, Janis Joplin (pioneira no rock feminino) e até os Beatles entraram nessa linha quando lançaram o Revolver e os Beach Boys que respondiam com Pet Sounds.

Não esquecendo do Glam Rock que é aquele do Glamouroso (o nome já diz) David Bowie, totalmente revolução e Alice Cooper. E eu não estou esquecendo do meu favorito, o rock progressivo. Foi aderido por muitas das bandas acima citadas mas para defini-lo, só vou dizer duas coisas, as duas melhores bandas de rock do mundo, não ouse se chamar de roqueiro se não gosta dessas duas. Sim, estou falando do Rush e do Yes, ah, e do Genesis, tá, e o Supertramp também, mas, na verdade, eles fizeram mais sucesso nos anos 70, então, nos veremos por este post também.






Mas no titulo do post fala que é a era do iê-iê-iê. Sim, claro, pois indiscutivelmente a febre que ultrapassou qualquer coisa naquela época foram os Beatles, e por influencia dos Beatles surgiram as bandas de rock do Brasil, que é um país muito tropical e inicialmente era difícil imaginar um rock psicodélico por exemplo fazendo parte do repertório de bandas Brasileiras. Pois é, aqui o rock ainda era aquela coisa anos 50 de rock pra dançar.

Essa era a tão famosa Jovem Guarda, Renato e seus Blue caps, Jerry Adriani, Ronnie Von (meu professor de matemática), Os Mutantes e o trio né, Roberto e Erasmo Carlos e Wanderléa, são esses os sucessos que não esquecemos:






Como no Brasil, o rock realmente tinha ficado numa linha 50's, com exceção dos Mutantes, a melhor forma de mostrar as roupas e cabelos dos anos 60 é através do rock internacional, mas é uma mistura tão grande, vejam só:









Tá vendo como o post ficou comprido? É rock bebê. Ainda não acabou, nem chegamos nos anos 70, a época do: Tudo azul todo mundo nu, anos 70!


segunda-feira, 2 de julho de 2012

Entre homens e mulheres! - Introdução.

Oi gente, estou criando um novo quadro que vai falar um pouco sobre homens e mulheres pela visão do sexo oposto. Em alguns blogs foi aderido esse assunto em série, infelizmente demorei demais para postar mas, tem espaço para todos, sempre vão ter questões e respostas diferentes.




Como funciona:

A série é separada por sexo, feminino e masculino, e por assunto. Que tipo de cabelo os homens gostam mais, cor dos olhos, e assim vai.

Qual a procedência das informações:

Serão entrevistados entre 4 ou 5 homens e mulheres de idades diferentes em que vão expressar sua opinião sobre os assuntos abordados e eu também vou dar a minha pois não consigo ficar sem meter o bedelho.

Quais os assuntos abordados:

Todos, que vão de aparência a intelecto.





Vocês a cada post também devem expressar seus comentários com relação aos assuntos e a principio, nesse post de apresentação (e nos outros também), vão me dizendo sobre o que querem ver no quadro 'Entre homens e mulheres  '.

Ps: Eu sei que tem um maior numero de leitores femininos aqui no blog, mas, também terão perguntas para os homens, afinal, são poucos eles aqui, mas eles estão aqui e também tem curiosidade de saber o que pensam as mulheres.

Beijos e digam sobre o que querem saber.